segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Low carb derrota dieta de baixa gordura tanto em peso como em risco cardiovascular

No dia em que o Facebook bloqueou este blog (veja aqui), por pura coincidência, começa a repercutir FORTEMENTE no exterior a notícia sobre novo estudo publicado (prospectivo e randomizado, obviamente, e não os ridículos estudos observacionais de sempre), demonstrando MAIS UMA VEZ, que dietas low carb são superiores a dietas de baixa gordura tanto no que diz respeito a perda de peso quanto no que diz respeito a RISCO CARDIOVASCULAR.

"--> Pessoas que evitam carboidratos e comem mais gordura, inclusive saturada, perdem mais gordura corporal e têm menos ricos cardiovasculares do que as que seguem as dietas de baixa gordura que as autoridades têm favorecido por décadas, um grande novo estudo mostra." (original aqui)

O estudo:

  • Por 12 meses, 148 indivíduos, homens e mulheres, negros e brancos, com IMC médio de 35, foram RANDOMIZADOS em dois grupos: LOW CARB com calorias à vontade, e LOW FAT (baixa gordura), high carb;
  • O grupo Low Carb foi realmente low carb (<40g de carbs/dia)
  • Em 12 meses, o grupo LOW CARB perdeu 5,3 Kg versus 1,8 Kg do grupo Low Fat;
  • O grupo Low Carb teve maior aumento do HDL (bom);
  • O grupo Low Carb teve melhora mais significativa da relação colesterol total / HDL (muito bom);
  • A grupo Low Carb perdeu MAIS GORDURA do que o grupo Low Fat;
  • O Grupo Low Carb GANHOU MÚSCULO durante o estudo mesmo sem fazer exercício;
  • o grupo LOW FAT PERDEU MÚSCULO durante o estudo (não diziam que era o contrário? Não nesse blog - aqui se estuda, não se repete caderninho de faculdade);
  • O triglicerídeos caíram mais no grupo LOW CARB;
  • O LDL, em média, DIMINUIU em AMBOS grupos
  • O grupo LOW CARB teve a maior queda na proteína C reativa (marcador de inflamação e marcador de risco cardiovascular)
  • O risco cardiovascular para os próximos 10 anos, segundo o escore de Framingham, CAIU mais no grupo LOW CARB do que no grupo da fome e comida insossa (digo, LOW FAT);
  • A magnitude da redução absoluta do risco cardiovascular em 10 anos com LOW CARB (ou seja, comendo mais gordura) foi MAIOR do que se a pessoa usasse uma estatina (- 1,4% em relação ao grupo low fat).

P.S.: Será que o Facebook vai bloquear o site do New York Times?